Buscar

Constelações - Parte 2

Kika Hamaoui


"Julia" (2006), de Alex Gross.

É inevitável dizer, mas tem horas que a vida parece um tanto miserável e onde há miséria, há misericórdia, é difícil dizer de que tipo, às vezes coincide com a água da cachoeira correndo, às vezes com uma montanha que acompanha o sol lá no fundo, às vezes é um cheiro, um cheiro decidido de alguém que você já amou.

Não perguntei, assim que abri a porta, me joguei em um abraço, apertei seu corpo profundamente, senti seus cabelos de sempre e algo me faltou, a razão, a matemática das consequências, de modo que evitei qualquer pergunta, ofereci uma bebida e abri duas cervejas independente da resposta, falei do bairro como se já fosse íntima, sugeri lugares, uma volta na praça Paris, subir a ladeira que ainda não conhecia, falei inevitavelmente de quase tudo, escutei pouco, desconheço qualquer palavra que tenha sido dita por Eduardo, só considerava a sua presença, um espaço que ocupa outro.

Deitamos no sofá, rolamos na cama, o tom de voz era tão familiar, o som era uma música conhecida, uma televisão ligada, ouvimos música também, o contato era perfeito para adormecer, fechar os olhos com calma, justo eles que andavam tão atentos, ardentes, pareciam agora fluir, descansar, descansei meus olhos nos dele como uma paisagem bonita sempre vista, a nossa casa da infância que é sempre nossa, sempre um quarto que se abre e se está ali fazendo descobertas mágicas que não passam de cotidiano.

A passagem do tempo me doía muito quando estava longe, mas ainda que Eduardo estivesse lá, ele continuava passando. Da mesma forma que veio, foi embora e eu não me lembrava o porquê.


Kika Hamaoui é autora e roteirista, formada em Filosofia pela Puc-Rio. Publicou os livros "Dois-Mundos de Antônia", "Replexidão", "Teus Navios são Tuas Coragens", "Do Medo do Tempo e outros rugidos" e a história em quadrinhos "Pérola". É roteirista da Rede Globo e atualmente escreve o programa "Zorra". @kikahamaoui


#literatura#mulheresescritoras#escritademulheres#KikaHamaoui

O uso não autorizado do conteúdo e imagem pertencentes ao IPIA configura violação de propriedade intelectual sujeita a penalidade.