Buscar

Introdução a Marx e Engels - conceitos fundamentais

Atualizado: há 5 horas




:: Introdução a Marx e Engels - conceitos fundamentais ::


A obra de Karl Marx, apesar da fama e do fardo que carrega, resta ainda hoje muito pouco conhecida pelo público fora dos circuitos de especialistas. Pintado ora como um demônio destruidor dos valores sagrados do mundo burguês, ora como um profeta da revolução, Marx é tomado mais como um fantasma do que uma pessoa real. Contra a propagação deste espectro demoníaco ou divino, o único remédio é o estudo cuidadoso e isento de juízos prévios de sua obra.


Nosso objetivo neste curso é oferecer um panorama introdutório da vida e da obra de Marx e Engels em seu conjunto, destacando alguns pontos de contato entre filosofia, história, política e economia em seu pensamento. Acreditamos que o exame de alguns de seus dos problemas e conceitos mais inovadores é indispensável para fabricarmos ferramentas que nos ajudem a fazer uma análise crítica do capitalismo contemporâneo.


Ao longo do curso, sempre que oportuno, abordaremos a repercussão que certos temas e conceitos tiveram na história do marxismo e em leituras contemporâneas da obra de Marx. Afinal, enquanto vivermos sob o capitalismo, a obra de Marx permanecerá atual e aberta a novas interpretações.



:: E M E N T A ::


AULA 1] Introdução geral: vida e obra de Marx e Engels. Os primeiros escritos de Marx. - Viviana Ribeiro e Frederico Lemos


AULA 2] A crítica da filosofia do direito de Hegel (1843), ou o que é o Estado? - Viviana Ribeiro


AULA 3] A crítica do trabalho alienado nos Manuscritos (1844) de Marx e A Situação da Classe Trabalhadora na Inglaterra (1845) segundo Engels - Frederico Lemos


AULA 4] A Ideologia Alemã (1846): fundação do materialismo histórico - Frederico Lemos


AULA 5] O Manifesto comunista e as revoluções de 1848 - Frederico Lemos


AULA 6] O 18 de Brumário e o problema da contrarrevolução: análise das lutas de classes na França (1848-1852) - Frederico Lemos


AULA 7] A totalidade social segundo Marx e Engels: base econômica e superestrutura jurídico-político-ideológica. Teoria da reprodução social e da revolução (1857-9) - Viviana Ribeiro e Frederico Lemos


AULA 8] Trabalho, valor e mais-valor: introdução ao estudo de O capital (1867) - Viviana Ribeiro e Frederico Lemos


AULA 9] A lei geral da acumulação capitalista - Viviana Ribeiro e Frederico Lemos


AULA 10] A assim chamada “acumulação primitiva” de capital e a questão colonial - Viviana Ribeiro e Frederico Lemos



:: Q U A N D O ::

Aos sábados, do dia 26/09 a 28/11, das 14h às 17h.



:: O N D E ::

Plataforma online.


:: I N V E S T I M E N T O ::

- boleto / transferência: R$ 350,00/mês (1ª parcela na inscrição em setembro e 2ª parcela em outubro)

- cartão: R$ 730,00 (com possibilidades de parcelamento) através do PagSeguro

- aula avulsa: R$ 100,00


(Os valores acima correspondem ao total de 10 semanas de aula)



:: I N S C R I Ç Õ E S ::

https://forms.gle/oHNoJ63ANw6GMdys5



:: P R O F E S S O R E S ::


VIVIANA RIBEIRO

Doutoranda pelo Programa de Pós Graduação em Direito da PUC-RIO. Mestra em Filosofia pelo Programa de Pós Graduação em Filosofia da Universidade Federal Fluminense (PFI/UFF). Possui graduação em Direito pelo IBMEC. Pesquisadora egressa do Grupo de Estudos Comparados de Literatura e Cultura (GECOMLIC/UFRJ), coordenado pelos prof Dr. Eduardo Coutinho e prof.ª Dra. Monica Amim. Integrante do Grupo de Trabalho Deleuze da Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia (GT- Deleuze/Anpof). Integrante do Ciclo de Leitura Espinosa, Puc-Rio.


FREDERICO LEMOS

Doutorando em Filosofia no Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal Fluminense (PFI/UFF). Possui mestrado em Filosofia também pelo PFI/UFF e graduação (licenciatura) em Ciências Sociais pela UFF. Atua no grupo de pesquisa Deleuze: variações, intensidades e ressonâncias (DEVIR), do CNPq, e é membro do GT Deleuze, vinculado à Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia (ANPOF) e do Círculo Spinoza e a filosofia/ Niterói (UFF).


675 visualizações

O uso não autorizado do conteúdo e imagem pertencentes ao IPIA configura violação de propriedade intelectual sujeita a penalidade.