Buscar

Grupo de estudos gratuito: Práticas filosóficas

Atualizado: Ago 25


Práticas Filosóficas – Exercícios Espirituais e Filosofia Antiga é um grupo de estudos GRATUITO e aberto a todos que gira entorno da obra de mesmo nome de Pierre Hadot. Com a força das suas palavras, Hadot nos lembra de que a filosofia, na Antiguidade, era inseparável de uma prática, ou seja, era um modo de vida. As diferentes escolas ou correntes filosóficas que surgiram a partir do legado Socrático (Platônicos, Estoicos, Cínicos e etc.) tinham dentro de uma concepção geral da Filosofia um aspecto fundamentalmente prático que visava fazer concordar o discurso e o pensamento filosófico com as atividades cotidianas e, em última análise, com a própria vida.


A filosofia não é, e nunca foi apenas uma busca desinteressada pela verdade, da qual podemos participar sem operar e sofrer mudanças profundas. Nesse primeiro momento estudaremos como a filosofia pode ser um modo de vida, um exercício que transforma o “espírito”. Pensar em filosofia como um exercício espiritual envolve desde o nível de atenção que se direciona a um texto filosófico até considerações sobre o cosmos e o respectivo efeito que essas práticas geram no que hoje nós chamamos de nossa vida psíquica.


O objetivo do Grupo de Estudos é uma introdução geral à Filosofia Antiga e seus problemas. Investigaremos coletivamente como a noção de filosofia enquanto exercício explica o pensamento antigo e como este esclarece muito do que nós somos hoje. Inscreva-se!



【 P R O G R A M A 】


A introdução à noção de “exercícios espirituais” como ferramenta de análise da filosofia antiga na primeira parte do livro de Pierre Hadot. Introdução aos exercícios em Sócrates em Platão. Uma visão geral sobre o estoicismo e o epicurismo através da noção de atenção e memória. O neoplatonismo a partir da experiência de contemplação.


Aula 1 】Apresentação do programa. Apresentação da Filosofia como modo de vida na Antiguidade. O objetivo último da filosofia é aprender a viver.


Aula 2 】A atenção (prosochè) como método. Introdução ao estoicismo de Epiteto e seu “Manual”. O Epicurismo e a libertação dos medos.


Aula 3 】Aprender a dialogar. O diálogo Socrático, o exercício do diálogo como método de parir almas. Platão, concentrar-se sobre si mesmo, liberta-se das paixões, o longo aprendizado do domínio de si.


Aula 4 】Aprender a morrer. A física como exercício espiritual em no “De rerum Natura” de Lucrécio. O neoplatonismo de Plotino, a contemplação e a atividade do intelecto.


Aula 5 】Aprender a ler. A dupla natureza do texto: exposição do pensamento e diálogo com o leitor.


[PRÓXIMOS TEMAS SERÃO PUBLICADOS MAIS ADIANTE]


【 I N S C R I Ç Ã O 】

https://bit.ly/2XsosPn


【 O N D E 】

Plataforma Online



【 Q U A N D O 】

Às terças-feiras, de às 17:00 às 19:00, a partir do dia 16 de Junho


【 P R O F E S S O R E S 】

FRANCISCO DA ALEXANDRIA possui graduação em Filosofia pela UNIRIO. É mestrando em Filosofia pelo Programa de Pós-graduação em Filosofia da UFF na linha de Conhecimento e

Linguagem. Atualmente realiza pesquisa em História da Filosofia Moderna em especial no pensamento de Hume e Kant e na questão da subjetividade e do surgimento da noção de indivíduo.


JULIA MYARA é professora e co-fundadora do IPIA – Comunidade de Pensamento. Também é doutoranda em História da Filosofia Antiga na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), mestra em Filosofia Antiga na PUC-RIO, graduada em Filosofia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e professora da Pós-graduação Lato sensu em Filosofia Antiga (CCE, PUC-RIO).

Atualmente realiza estudos na área de mitologia com ênfase nas figuras femininas tais como Helena, Medeia, Antígona, etc. Realiza pesquisa em Filosofia Antiga, com foco no pensamento de Platão e Górgias. Desenvolve, também, pesquisa na área de mitologia grega, estudo de gênero na antiguidade, religiões, narrativas míticas comparadas e retórica greco-romana.


218 visualizações

O uso não autorizado do conteúdo e imagem pertencentes ao IPIA configura violação de propriedade intelectual sujeita a penalidade.